6 Dicas de Peritos para Prevenir Lesões de Corrida

Se você é um corredor, você sabe que bater no pavimento pode ter um pesado custo para o seu corpo. Do joelho do corredor às talas de canela, uma lesão pode sabotar o seu treino ou pior – pode levá-lo a sair durante a primeira etapa de uma competição para a qual passou meses de treino.

Cleveland Clinic é um centro médico académico sem fins lucrativos. A publicidade no nosso site ajuda a apoiar a nossa missão. Nós não endossamos produtos ou serviços não-Cleveland Clinic.Policy

Mas você pode ajudar a empilhar as chances em seu favor. Se você é um iniciante ou um profissional, aqui estão seis coisas que você pode fazer para ajudar a minimizar suas chances de se machucar.

Usar calçados adequados

Antes de bater no pavimento ou pista, aumente sua confiança com os sapatos corretos.

Seu pé deve caber bem no calcanhar, com um pouco de espaço para mexer os dedos dos pés, diz o fisiologista de exercícios Christopher Travers, MS. Para garantir o melhor ajuste, faça um ajuste adequado numa loja especializada em corrida e use as suas meias de corrida habituais quando for.

Mas não é suficiente comprar os sapatos certos. Você também precisa de os manter correctamente. “Recomendamos substituir seus sapatos a cada 400 a 600 milhas, ou a cada seis meses se você correr regularmente”, diz Travers.

Flex seus músculos

Uma das melhores maneiras de evitar uma lesão é manter seu corpo solto e flexível. Para fazer isso, adicione exercícios de flexibilidade à sua rotina.

“Quanto mais flexível for o seu corpo, mais amplitude de movimento você tem e menos propenso a lesões”, diz Travers.

Yoga é uma ótima maneira de melhorar a sua flexibilidade. Ele pode melhorar o seu equilíbrio e flexibilidade, e deixá-lo mais calmo e mentalmente mais focado.

Meter-se no ginásio

Quanto mais fortes forem os seus músculos, menor é a probabilidade de se partirem. O treino de força pode ajudá-lo a aumentar o tónus muscular, força, resistência e densidade óssea.

Elevar quando o seu horário pode acomodá-lo. Idealmente, você pode trabalhar com pesos no ginásio ou em casa num dia e correr no dia seguinte.

Ouvir o seu corpo

Ninguém conhece o seu corpo melhor do que você. Se você está se sentindo lento ou correndo para baixo, é melhor pular o treino nesse dia. Ou você pode precisar reduzir o tempo ou a distância que você estava planejando correr originalmente.

Rest também é crítico. Tire um tempo de folga a cada semana para ajudar a evitar lesões e fadiga que podem ocorrer quando você empurra muito forte.

5. Construa força e resistência gradualmente

Tempre devagar quando você está começando. Se você estiver treinando por 5K, você não vai correr essa distância no seu primeiro dia de treinamento. Comece com corridas mais curtas e aumente gradualmente a distância ao longo de várias semanas.

Outra dica importante: Nunca aumente a distância e a intensidade durante a mesma semana.

Fale com o seu médico

Finalmente, antes de começar o seu treino, verifique com o seu médico. “Ele ou ela pode ter algumas sugestões de prevenção de lesões e pode abordar quaisquer possíveis limitações que possa ter”, diz Travers.

Aplicar estas dicas pode ajudá-lo a ser um corredor mais forte e capacitá-lo a atingir os seus objectivos, por mais ambiciosos que eles sejam.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.